TERÇA A DOMINGO
10H // 13H — 14H // 18H
ENCERRA SEGUNDA
ENTRADA GERAL: 2€
Domingo e Feriados 10h-13h: entrada gratuita
SUBSCREVER NEWSLETTER
Todos os direitos reservados
© AMJP . 2016  /  ficha técnica
2019
Viana do Castelo

Júlio Pomar: Da cabeça à mão. Obras do acervo do Atelier-Museu Júlio Pomar

Texto: Rui Teixeira / Sara Antónia Matos / Júlio Pomar / Pedro Faro / Hugo Dinis
Edição: Atelier-Museu Júlio Pomar / Oficina Cultural do Instituto Politécnico de Viana do Castelo
Lisboa: 2019

A convite da Oficina Cultural do Instituto Politécnico de Viana do Castelo, o Atelier-Museu Júlio Pomar/EGEAC organiza a exposição Júlio Pomar: Da cabeça à mão, que inclui uma selecção de diferentes núcleos de desenho na obra do artista: bestiário, caveiras, auto-retratos, cavalos-alados, e as ilustrações para O Mundo Desabitado de José Gomes Ferreira e La Chasse au Snark de Lewis Carroll.

2018
Chama

Luisa Cunha: O material não aguenta

Texto: Luisa Cunha / Sara Antónia Matos / Pedro Faro / Hugo Dinis
Preço: 12 €
Edição: Documenta / Atelier-Museu Júlio Pomar
Lisboa: 2018

Luisa Cunha: O Material Não Aguenta — Conversas com Sara Antónia Matos, Pedro Faro e Hugo Dinis insere-se na colecção Cadernos do Atelier-Museu Júlio Pomar e dá seguimento ao projecto de entrevistas que se iniciou com Júlio Pomar: O Artista Fala… [2014], continuou com Rui Chafes: Sob a Pele [2015], Julião Sarmento: O Artista Como Ele É [2016], Pedro Cabrita Reis: A Voragem do Mundo [2017] e Alexandre Melo: Cúmplice dos Artistas [2018].


Chama

Júlio Pomar: Obras no Espaço Público

Texto: Sara Antónia Matos / Pedro Faro
Preço: 25 €
Edição: Documenta / Atelier-Museu Júlio Pomar
Lisboa: 2018

Esta publicação, cuja motivação surge ainda com o pintor em vida, nasce da vontade de mapear e conhecer todas as obras que Júlio Pomar realizou no espaço público.


Chama

O que pode a arte? 50 anos do Maio 68

Texto: Sara Antónia Matos / Nuno Crespo / Daniel Ribas / Mariana Pinto dos Santos / Hugo Dinis
Preço: 20 €
Edição: Documenta / Atelier-Museu Júlio Pomar
Lisboa: 2018

Este catálogo é publicado por ocasião da exposição «O que pode a arte? 50 anos do Maio de 68» (15.05 – 29.09.2018), com curadoria de Nuno Crespo e Hugo Dinis.


Chama

Chama: Júlio Pomar, Rita Ferreira, Sara Bichão

Texto: Sara Antónia Matos
Preço: 17 €
Edição:Documenta / Atelier-Museu Júlio Pomar
Lisboa: 2018

Este catálogo é publicado por ocasião da exposição «Chama», com obras de Júlio Pomar, Sara Bichão e Rita Ferreira, no Atelier-Museu Júlio Pomar (15.02/29.04.2018). Quando convidei estas duas artistas, em pontos diferentes dos seus percursos, a expor com Júlio Pomar, tive em consideração uma dimensão da arte a que tem sido dado pouco destaque, ou, pelo menos, um realce pouco nítido. Falo de uma dimensão visceral, associada à libertação de energias intuitivas, por vezes com uma vertente escatológica, envolvida na produção da arte.


Chama

Incisão no tempo: Obras do acervo do Atelier-Museu Júlio Pomar

Texto: Sara Antónia Matos / Pedro Faro / Bruno J. Navarro / André Silva / João Silvério
Preço: 10 €
Edição: Atelier-Museu Júlio Pomar / Museu do Côa
Lisboa: 2018

A exposição Incisão no Tempo desenvolveu-se a partir de um convite feito pelo Museu do Côa, em 2014, mais precisamente pela mão do arqueólogo António Marinho Baptista, ao Atelier-Museu, para apresentar a obra de Júlio Pomar naquele museu.


Alexandre Melo

Alexandre Melo: Cúmplice dos Artistas

Textos:Sara Antónia Matos / Pedro Faro / Alexandre Melo / João Pedro Vale / Nuno Alexandre Ferreira
Preço: 12 €
Edição: Documenta / Atelier-Museu
Lisboa: 2018

Conversas com Sara Antónia Matos e Pedro Faro
Seguido de uma conversa com João Pedro Vale e Nuno Alexandre Ferreira – Rádio Quântica


Catarina de Oliveira

Catarina de Oliveira

Textos: Sara Antónia Matos / Hugo Dinis
Preço: 4 €
Edição: Atelier-Museu
Lisboa: 2018

Este caderno é publicado por ocasião da residência artística que Catarina de Oliveira irá realizar na Residency Unlimited, em Nova Iorque, E.U.A. (01.02 – 30.04.2018), com suporte do Atelier-Museu Júlio Pomar/ EGEAC. Prosseguindo a sua política de apoio ao desenvolvimento artístico e à internacionalização, o Atelier-Museu Júlio Pomar/ EGEAC, em parceria com a Residency Unlimited, NY, proporciona anualmente, a um(a) artista português(a), uma residência artística com três meses de duração, naquela instituição nova-iorquina. A artista foi proposta e nomeada por um júri independente de reconhecido mérito, este ano composto por João Silvério, Margarida Mendes e João Marçal (artista vencedor da edição precedente) que, em conjunto com o Atelier-Museu, escolheu Catarina de Oliveira como artista residente da terceira edição, a qual terá lugar entre Fevereiro e Abril de 2018.


Sara Bichão

Sara Bichão

Textos: Sara Antónia Matos / Hugo Dinis
Preço: 4 €
Edição: Atelier-Museu
Lisboa: 2018

Este caderno é publicado pela ocasião da exposição Chama com Júlio Pomar, Sara Bichão e Rita Ferreira, no Atelier-Museu Júlio Pomar (15.02 / 29.04.2018). Quando convidei estas duas artistas, em pontos diferentes do seu percurso, a expor com Júlio Pomar, tive em consideração uma dimensão da arte a que tem sido dado pouco destaque, ou pelo menos, um realce pouco nítido. Falo de uma dimensão visceral, associada à libertação de energias intuitivas, por vezes com uma vertente escatológica, envolvida na produção da arte.


Rita Ferreira

Rita Ferreira

Texto: Sara Antónia Matos / Hugo Dinis
Preço: 4 €
Edição: Atelier-Museu
Lisboa: 2018


Este caderno é publicado pela ocasião da exposição Chama com Júlio Pomar, Sara Bichão e Rita Ferreira, no Atelier-Museu Júlio Pomar (15.02 / 29.04.2018). Quando convidei estas duas artistas, em pontos diferentes do seu percurso, a expor com Júlio Pomar, tive em consideração uma dimensão da arte a que tem sido dado pouco destaque, ou pelo menos, um realce pouco nítido. Falo de uma dimensão visceral, associada à libertação de energias intuitivas, por vezes com uma vertente escatológica, envolvida na produção da arte.

2017
VOID

Táwapayêra

Textos: Sara Antónia Matos / Alexandre Melo / Pedro Faro / Júlio Pomar / Cleyton Andrade
Design Gráfico: Paula Prates
Preço: 25 €
Edição: Documenta / Atelier-Museu
Lisboa: 2017

Catálogo da exposição "Táwapayêra", no Atelier-Museu, com curadoria de Alexandre Melo, que cruza a obra de Júlio Pomar com Dealmeida Esilva, Igor Jesus e Tiago Alexandre, de 21 de Outubro de 2017 a 4 de Fevereiro de 2018.


VOID

Júlio Pomar: O Pintor no Tempo

Textos: Irene Flunser Pimentel
Preço: 16 €
Edição: Documenta / Atelier-Museu
Lisboa: 2017

O convite à historiadora Irene Flunser Pimentel, vencedora da 20ª edição do Prémio Pessoa - 2007, que pelo seu vasto currículo, sobre o período e instituições do Estado Novo, garantia o acesso aos arquivos da Torre do Tombo, onde se encontram com os dossiers e as “fichas da PIDE”, ambicionava apenas que a autora se dispusesse a partilhar, em modo oral, numa conferência ou conversa informal, aspectos sobre o modo como se exerciam os mecanismos de censura e repressão, conducentes a diversos “apagamentos históricos”, sobre os quais se desconhece, em concreto, o modo como aconteciam.


VOID

Cabrita Reis: a voragem do mundo
Conversas com Sara Antónia Matos e Pedro Faro

Textos: Sara Antónia Matos / Pedro Faro / Alexandre Melo
Preço: 12 €
Edição: Documenta / Atelier-Museu
Lisboa: 2017

Cabrita Reis: a voragem do mundo, Conversas com Sara Antónia Matos e Pedro Faro insere-se na colecção Cadernos do Atelier-Museu Júlio Pomar e dá seguimento ao projecto de entrevistas que o Museu iniciou com "Júlio Pomar: O Artista Fala... (2014), continuou com "Rui Chafes: Sob a Pele" (2015) e com “Julião Sarmento: O Artista como ele é”, surgindo a propósito da exposição Das Pequenas Coisas: Júlio Pomar e Cabrita Reis.

As entrevistas são feitas por ocasião do programa de exposições do Atelier-Museu, que cruza a obra do pintor com a de artistas convidados, mostrando novas relações daquele com a contemporaneidade.


VOID

Parte Crítica 2: A Letra O Som O Traço A Mancha

Textos: Maria Alzira Seixo
Design Gráfico: Paula Prates
Preço: 4 €
Edição: Atelier-Museu
Lisboa: 2017

Parte Crítica é o nome da colecção de textos de teor crítico e reflexivo que o Atelier-Museu Júlio Pomar iniciou em 2017, dentro do seu projecto editorial: Cadernos do Atelier-Museu Júlio Pomar-Documenta. A colecção, cujo nome de certa forma se apropria do título “Parte escrita” – três volumes reeditados pelo Atelier-Museu com os textos críticos e publicados por Júlio Pomar entre 1942 e 2013 – reúne agora textos de pequena extensão de autores que se dedicaram a pensar ou analisar a actividade escrita: crítica, ensaística e poética de Júlio Pomar.


VOID

Parte Crítica 1: O Artista Enquanto Crítico

Textos: Hellmut Wohl
Design Gráfico: Paula Prates
Preço: 4 €
Edição: Atelier-Museu
Lisboa: 2017

Parte Crítica é o nome da colecção de textos de teor crítico e reflexivo que o Atelier-Museu Júlio Pomar iniciou em 2017, dentro do seu projecto editorial: Cadernos do Atelier-Museu Júlio Pomar-Documenta. A colecção, cujo nome de certa forma se apropria do título “Parte escrita” – três volumes reeditados pelo Atelier-Museu com os textos críticos e publicados por Júlio Pomar entre 1942 e 2013 – reúne agora textos de pequena extensão de autores que se dedicaram a pensar ou analisar a actividade escrita: crítica, ensaística e poética de Júlio Pomar.


VOID

Tiago Alexandre

Textos: Sara Antónia Matos / Hugo Dinis / Alexandre Melo
Preço: 4 €
Edição: Atelier-Museu
Lisboa: 2017

Este caderno é publicado por ocasião da exposição Tawapayera (28.10.2017 – 04.02.2018) com curadoria de Alexandre Melo, no Atelier-Museu Júlio Pomar. A exposição integra o programa Passado e Presente – Lisboa, Capital Ibero-Americana de Cultura 2017 e tem como ponto de partida as obras que Júlio Pomar realizou a partir da sua experiência no território da Amazónia, mais precisamente junto da tribo Yawalapiti na década de 80. Revela também um desafio aceite por três artistas nascidos mais de meio século depois de Júlio Pomar, o que, se por um lado, é uma honra, por outro, é uma responsabilidade.


VOID

Igor Jesus

Textos: Sara Antónia Matos / Hugo Dinis / Alexandre Melo
Preço: 4 €
Edição: Atelier-Museu
Lisboa: 2017

Este caderno é publicado por ocasião da exposição Tawapayera (28.10.2017 – 04.02.2018) com curadoria de Alexandre Melo, no Atelier-Museu Júlio Pomar. A exposição integra o programa Passado e Presente – Lisboa, Capital Ibero-Americana de Cultura 2017 e tem como ponto de partida as obras que Júlio Pomar realizou a partir da sua experiência no território da Amazónia, mais precisamente junto da tribo Yawalapiti na década de 80. Revela também um desafio aceite por três artistas nascidos mais de meio século depois de Júlio Pomar, o que, se por um lado, é uma honra, por outro, é uma responsabilidade.


VOID

Dealmeida Esilva

Textos: Sara Antónia Matos / Hugo Dinis / Alexandre Melo
Preço: 4 €
Edição: Atelier-Museu
Lisboa: 2017

Este caderno é publicado por ocasião da exposição Tawapayera (28.10.2017 – 04.02.2018) com curadoria de Alexandre Melo, no Atelier-Museu Júlio Pomar. A exposição integra o programa Passado e Presente – Lisboa, Capital Ibero-Americana de Cultura 2017 e tem como ponto de partida as obras que Júlio Pomar realizou a partir da sua experiência no território da Amazónia, mais precisamente junto da tribo Yawalapiti na década de 80. Revela também um desafio aceite por três artistas nascidos mais de meio século depois de Júlio Pomar, o que, se por um lado, é uma honra, por outro, é uma responsabilidade.


Estranhos dias recentes

Júlio Pomar e Cabrita Reis: Das pequenas coisas

Texto: Sara Antónia Matos
Preço: 20 €
Edição: Documenta / Atelier-Museu
Lisboa: 2017

Catálogo da exposição "Júlio Pomar e Cabrita Reis: Das pequenas coisas" no Atelier-Museu, de 1 de Junho a 8 de Outubro de 2017.


Estranhos dias recentes

Estranhos dias recentes de um tempo menos feliz

Textos: Sara Antónia Matos / Alexandre Quintanilha / Carmo Sousa Lima / José Neves / Miguel Vale de Almeida / Tiago Castela / Hugo Dinis
Preço: 18 €
Edição: Documenta / Atelier-Museu
Lisboa: 2017

Procurando juntar curadores, artistas e instituições, num momento em que a maioria dos prémios atribuídos em território português, para o domínio das artes, são vocacionados para artistas, o Prémio de Curadoria Atelier-Museu Júlio Pomar/EGEAC pretende fomentar o exercício no campo da curadoria de arte contemporânea, a produção de fortuna crítica e a concretização editorial.


VOID

VOID* Júlio Pomar & Julião Sarmento

Textos: Sara Antónia Matos / Alexandre Melo / Pedro Faro / Alexandre Pomar
Preço: 35 €
Edição: Documenta / Atelier-Museu
Lisboa: 2017

Caixa que reúne os três catálogos da exposição "VOID* Júlio Pomar & Julião Sarmento" no Atelier-Museu, de 28 de Outubro de 2016 a 12 de Março de 2016.


VOID*

VOID* Júlio Pomar & Julião Sarmento
Volume III – Júlio Pomar

Textos: Sara Antónia Matos / Alexandre Pomar
Preço: 10 €
Edição: Documenta / Atelier-Museu
Lisboa: 2017

Catálogo da exposição "VOID* Júlio Pomar & Julião Sarmento – Volume III Júlio Pomar" no Atelier-Museu, de 28 de Outubro de 2016 a 12 de Março de 2016.


VOID*

VOID* Júlio Pomar & Julião Sarmento
Volume II – Julião Sarmento

Textos: Sara Antónia Matos / Alexandre Melo / Pedro Faro
Preço: 20 €
Edição: Documenta / Atelier-Museu
Lisboa: 2017

Catálogo da exposição "VOID* Júlio Pomar & Julião Sarmento – Volume II Julião Sarmento" no Atelier-Museu, de 28 de Outubro de 2016 a 12 de Março de 2016.


VOID*

VOID* Júlio Pomar & Julião Sarmento
Volume I – Júlio Pomar & Julião Sarmento

Textos: Sara Antónia Matos / Alexandre Melo / Pedro Faro
Preço: 15 €
Edição: Documenta / Atelier-Museu
Lisboa: 2017

Catálogo da exposição "VOID* Júlio Pomar & Julião Sarmento – Volume I Júlio Pomar & Julião Sarmento" no Atelier-Museu, de 28 de Outubro de 2016 a 12 de Março de 2016.


Da Cegueira dos Pintores - Parte Escrita II

Julião Sarmento: O Artista como ele é
Conversas com Sara Antónia Matos e Pedro Faro

Apresentação: Sara Antónia Matos
Preço: 12 €
Edição: Documenta / Atelier-Museu
Lisboa: 2017


Julião Sarmento: O Artista como ele é, Conversas com Sara Antónia Matos e Pedro Faro insere-se na colecção Cadernos do Atelier-Museu Júlio Pomar e dá seguimento ao projecto de entrevistas que o Museu iniciou com "Júlio Pomar: O Artista Fala... (2014) e continuou com "Rui Chafes: Sob a Pele" (2015), surgindo a propósito da exposição VOID*: Júlio Pomar e Julião Sarmento.

As entrevistas são feitas por ocasião do programa de exposições do Atelier-Museu, que cruza a obra do pintor com a de artistas convidados, mostrando novas relações daquele com a contemporaneidade.

2016
Decorativo apenas

O museu como veículo de desenvolvimento crítico e social.
Uma visão integrada do Serviço Educativo no Atelier-Museu Júlio Pomar.

Textos: Sara Antónia Matos / Liliana Coutinho
Fotografia:Teresa Santos
Preço: 15 €
Edição: Documenta / Atelier-Museu

Uma visão integrada do Serviço Educativo no Atelier-Museu Júlio Pomar.


Decorativo apenas

Decorativo, Apenas? Júlio Pomar e a integração das artes

Textos: Sara Antónia Matos / Catarina Rosendo / Júlio Pomar
Preço: 25 €
Edição:
Documenta / Atelier-Museu

Catálogo da exposição " Decorativo, Apenas? Júlio Pomar e a integração das artes" no Atelier-Museu, de 5 Maio a 11 Setembro de 2016


O Mundo Habitado. Obras do acervo da Colecção Atelier-Museu Júlio Pomar

Textos: Sara Antónia Matos / Pedro Faro
Preço: 10 €
Edição: Documenta / Atelier-Museu

Catálogo da exposição “O Mundo Habitado. Obras do acervo da Colecção Atelier-Museu Júlio Pomar” produzido por ocasião de uma colaboração do AMJP com a Câmara Municipal de Anadia, no Museu do Vinho Bairrada, de 23 de Janeiro a 4 de Abri de 2016.


Da Cegueira dos Pintores - Parte Escrita II

Prémio de Curadoria Atelier-Museu Júlio Pomar / EGEAC – 2015

Textos: Sara Antónia Matos / Maria do Mar Fazenda
Preço: 15 €
Edição:
Documenta / Atelier-Museu

Procurando juntar curadores, artistas e instituições, num momento em que a maioria dos prémios atribuídos em território português, para o domínio das artes, são vocacionados para artistas, o Prémio de Curadoria Atelier-Museu Júlio Pomar/EGEAC pretende ...

2015

Rui Chafes, Sob a Pele…
Conversas com Sara Antónia Matos

Apresentação: Sara Antónia Matos
Preço: 12 €
Edição: Documenta / Atelier-Museu
Lisboa: 2015
 

Rui Chafes sob a pele… Conversas com Sara Antónia Matos insere-se na colecção Cadernos do Atelier-Museu Júlio Pomar e dá seguimento ao projecto de entrevistas que se iniciou com Júlio Pomar, em o Artista Fala…, que terá continuidade com o decorrer do programa de exposições que cruza a obra do pintor com a de artistas convidados.


Júlio Pomar e Rui Chafes: Desenhar

Textos: Sara Antónia Matos / João
Barrento / Maria João Mayer
Preço: 24 €
Edição: Sistema Solar (Documenta / Atelier-Museu)
Lisboa: 2015

Catálogo da exposição "JÚLIO POMAR E RUI CHAFES: DESENHAR" no Atelier-Museu, de 08 de Outubro de 2015 a 21 de Fevereiro de 2016.


EDIÇÃO & UTOPIA: Obra Gráfica de Júlio Pomar

Textos: Sara Antónia Matos / Maria Teresa Cruz / Pedro Faro
Preço: 15 €
Edição: Documenta / Atelier-Museu
Lisboa: 2015

Catálogo da exposição "Edição & Utopia - Obra Gráfica de Júlio Pomar" no Atelier-Museu, de 24 de Outubro de 2014 a 8 de Março de 2015.


Da Cegueira dos Pintores - Parte Escrita II

Incandescência: Cézanne e a Pintura

Textos: Tomás Maia / Sara Antónia Matos
Preço: 10 €
Edição:
Documenta / Atelier-Museu
Lisboa: 2015

A partir de dois motes dados por Cézanne, procura-se neste livro uma aproximação à origem da pintura e à essência da tradição.

O volume II da Parte escrita, "Da Cegueira dos Pintores", repõe nas mãos do público, um conjunto de ensaios irrepetíveis, sobre a pintura, sobre a actividade artística e sobre o próprio teor do olhar. Há muito desejados pelo público, este conjunto de ensaios, que se pode considerar também uma cartilha para os profissionais, reveste-se de um teor literário e estético que coloca a actividade artística, particularmente a pintura, ao nível do pensamento filosófico.

2014
Da Cegueira dos Pintores - Parte Escrita II

O Artista Fala...
Conversas com Sara Antónia Matos e Pedro Faro

Apresentação: Sara Antónia Matos
Preço: 10 €
Edição:
Documenta / Atelier-Museu
Lisboa: 2014

O Artista fala... é o nome da entrevista de fundo que o Atelier-Museu fez ao artista Júlio Pomar, no decorrer dos dois últimos anos, desde a abertura do museu monográfico dedicado à sua obra em Abril de 2013. A entrevista decorreu em várias sessões, em lugares e tempos diversificados, tais como almoços, cafés, ou visitas ao museu, e pretende trazer a público a fala própria do artista, a sua voz.

O volume II da Parte escrita, "Da Cegueira dos Pintores", repõe nas mãos do público, um conjunto de ensaios irrepetíveis, sobre a pintura, sobre a actividade artística e sobre o próprio teor do olhar. Há muito desejados pelo público, este conjunto de ensaios, que se pode considerar também uma cartilha para os profissionais, reveste-se de um teor literário e estético que coloca a actividade artística, particularmente a pintura, ao nível do pensamento filosófico.


Caveiras, casas, pedras e uma figueira

Tratado dos Olhos

Textos: Manuel Veiga / Sara Antónia Matos /
Paulo Pires do Vale
/ Catarina Rosendo /
Ricardo Carvalho | Joana Vilhena

Preço: 10 € Atelier-Museu (PVP - 12 €)
Edição: Documenta / Atelier-Museu
Lisboa: 2014

Catálogo da exposição "Tratado dos Olhos", patente no Atelier-Museu, de 28 de Fevereiro a 28 de Setembro. Esta exposição é um (auto)retrato de Júlio Pomar: uma apresentação do seu modo próprio de olhar, que pretende dar a conhecer o universo de referência que se esconde por detrás da sua obra.


Temas e Variações – Parte Escrita III

Textos: Júlio Pomar
Apresentação: Sara Antónia Matos;
Organização: Pedro Faro
Edição: Documenta / Atelier-Museu
Lisboa: 2014

Compilação dos textos críticos de Júlio Pomar, publicados de 1968 a 2013.
Sob o título "Temas e Variações", o terceiro volume de Parte Escrita guarda em si textos diversificados de índole estética, de 1968 à actualidade, em que Pomar se entrega à reflexão sobre actividade artística, emprestando especial atenção à produção de alguns dos seus companheiros, de que é exemplo António Dacosta.


Da Cegueira dos Pintores - Parte Escrita II

Da Cegueira dos Pintores - Parte Escrita II

Textos: Júlio Pomar
Introdução: Sara Antónia Matos;
Organização: Pedro Faro
Preço: 10 €
Edição:
Documenta / Atelier-Museu
Lisboa: 2014

Republicação do livro "Da Cegueira dos Pintores" (Tradução de Pedro Tamen, Imprensa Nacional - Casa da Moeda, 1986)

O volume II da Parte escrita, "Da Cegueira dos Pintores", repõe nas mãos do público, um conjunto de ensaios irrepetíveis, sobre a pintura, sobre a actividade artística e sobre o próprio teor do olhar. Há muito desejados pelo público, este conjunto de ensaios, que se pode considerar também uma cartilha para os profissionais, reveste-se de um teor literário e estético que coloca a actividade artística, particularmente a pintura, ao nível do pensamento filosófico.


Notas sobre uma Arte Útil - Parte Escrita I

Notas sobre uma Arte útil - Parte Escrita I

Textos: Júlio Pomar
Apresentação: Sara Antónia Matos
Organização: Pedro Faro
Preço: 15 € Atelier-Museu (PVP - 16 €)
Edição: Documenta / Atelier-Museu
Lisboa: 2014

Compilação dos textos críticos de Júlio Pomar, publicados desde 1942 a 1960.

"Notas sobre uma arte útil", o primeiro volume da Parte Escrita, abarca textos de teor político, incluindo os do período neo-realista, escritos até 1960, nos quais se evidencia uma vinculação da arte à utilidade. A arte e a escrita têm, entre outros, o propósito da denúncia, da resistência, do comentário social e de veicular correntes ideológicas. Neste período, Pomar escreve maioritariamente sobre outros artistas e exposições colectivas, avaliando os seus impactos em território nacional.


Caveiras, casas, pedras e uma figueira

Caveiras, casas, pedras e uma figueira

Textos: Delfim Sardo / Sara Antónia Matos
Páginas: 160 pgs / cores.
Preço: 10 € Atelier-Museu (PVP - 12 €)
Edição: Documenta / Atelier-Museu
Lisboa: 2014

Catálogo da exposição "Caveiras, casas, pedras e uma figueira", no Atelier-Museu, de 5 de Outubro de 2013 a 16 de Fevereiro de 2014, com obras de Álvaro Siza Vieira, Fernando Lanhas, Júlio Pomar e Luís Noronha da Costa, integrada no âmbito dos eventos paralelos da Trienal de Arquitectura de Lisboa de 2013.

2013

Cadernos do Atelier

Textos: Sara Antónia Matos
Páginas: 86 pgs / cores
Preço: 5 €
Edição: Atelier-Museu Júlio Pomar
Lisboa: 2013

A primeira publicação do Atelier-Museu tem em vista a apresentação do projecto museológico e da sua colecção, ensaiando uma reflexão geral sobre alguns dos períodos mais marcantes do percurso artístico de Júlio Pomar, traçando também a história e o enquadramento do projecto arquitectónico deste equipamento cultural da Câmara Municipal de Lisboa, da autoria de Álvaro Siza Vieira.