TERÇA A DOMINGO
10H // 13H — 14H // 18H
ENCERRA SEGUNDA
ENTRADA GERAL: 2€
Domingo e Feriados 10h-13h: entrada gratuita
SUBSCREVER NEWSLETTER
Todos os direitos reservados
© AMJP . 2016  /  ficha técnica
Da Cegueira dos Pintores - Parte Escrita II

Julião Sarmento: O Artista como ele é, Conversas com Sara Antónia Matos e Pedro Faro

Apresentação: Sara Antónia Matos
Preço: 12 €
Edição: Documenta / Atelier-Museu
Lisboa: 2017


Julião Sarmento: O Artista como ele é, Conversas com Sara Antónia Matos e Pedro Faro insere-se na colecção Cadernos do Atelier-Museu Júlio Pomar e dá seguimento ao projecto de entrevistas que o Museu iniciou com "Júlio Pomar: O Artista Fala... (2014) e continuou com "Rui Chafes: Sob a Pele" (2015), surgindo a propósito da exposição VOID*: Júlio Pomar e Julião Sarmento.

As entrevistas são feitas por ocasião do programa de exposições do Atelier-Museu, que cruza a obra do pintor com a de artistas convidados, mostrando novas relações daquele com a contemporaneidade.

VOID*

VOID* Júlio Pomar & Julião Sarmento
Volume I – Júlio Pomar & Julião Sarmento


Textos: Sara Antónia Matos / Alexandre Melo / Pedro Faro
Preço: 15 €
Edição: Documenta / Atelier-Museu
Lisboa: 2017

Catálogo da exposição "VOID* Júlio Pomar & Julião Sarmento – Volume I Júlio Pomar & Julião Sarmento" no Atelier-Museu, de 28 de Outubro de 2016 a 12 de Março de 2016.

VOID*

VOID* Júlio Pomar & Julião Sarmento
Volume II – Julião Sarmento


Textos: Sara Antónia Matos / Alexandre Melo / Pedro Faro
Preço: 20 €
Edição: Documenta / Atelier-Museu
Lisboa: 2017

Catálogo da exposição "VOID* Júlio Pomar & Julião Sarmento – Volume II Julião Sarmento" no Atelier-Museu, de 28 de Outubro de 2016 a 12 de Março de 2016.

VOID*

VOID* Júlio Pomar & Julião Sarmento
Volume III – Júlio Pomar


Textos: Sara Antónia Matos / Alexandre Pomar
Preço: 10 €
Edição: Documenta / Atelier-Museu
Lisboa: 2017

Catálogo da exposição "VOID* Júlio Pomar & Julião Sarmento – Volume III Júlio Pomar" no Atelier-Museu, de 28 de Outubro de 2016 a 12 de Março de 2016.

VOID

VOID* Júlio Pomar & Julião Sarmento

Textos: Sara Antónia Matos / Alexandre Melo / Pedro Faro / Alexandre Pomar
Preço: 35 €
Edição: Documenta / Atelier-Museu
Lisboa: 2017

Caixa que reúne os três catálogos da exposição "VOID* Júlio Pomar & Julião Sarmento" no Atelier-Museu, de 28 de Outubro de 2016 a 12 de Março de 2016.

Estranhos dias recentes

Estranhos dias recentes de um tempo menos feliz

Textos: Sara Antónia Matos / Alexandre Quintanilha / Carmo Sousa Lima / José Neves / Miguel Vale de Almeida / Tiago Castela / Hugo Dinis
Preço: 18 €
Edição: Documenta / Atelier-Museu
Lisboa: 2017

Procurando juntar curadores, artistas e instituições, num momento em que a maioria dos prémios atribuídos em território português, para o domínio das artes, são vocacionados para artistas, o Prémio de Curadoria Atelier-Museu Júlio Pomar/EGEAC pretende fomentar o exercício no campo da curadoria de arte contemporânea, a produção de fortuna crítica e a concretização editorial.

Estranhos dias recentes

Júlio Pomar e Cabrita Reis: Das pequenas coisas

Texto: Sara Antónia Matos
Preço: 20 €
Edição: Documenta / Atelier-Museu
Lisboa: 2017

Catálogo da exposição "Júlio Pomar e Cabrita Reis: Das pequenas coisas" no Atelier-Museu, de 1 de Junho a 8 de Outubro de 2017.

VOID

Dealmeida Esilva

Textos: Sara Antónia Matos / Hugo Dinis / Alexandre Melo
Preço: 4 €
Edição: Atelier-Museu
Lisboa: 2017

Este caderno é publicado por ocasião da exposição Tawapayera (28.10.2017 – 04.02.2018) com curadoria de Alexandre Melo, no Atelier-Museu Júlio Pomar. A exposição integra o programa Passado e Presente – Lisboa, Capital Ibero-Americana de Cultura 2017 e tem como ponto de partida as obras que Júlio Pomar realizou a partir da sua experiência no território da Amazónia, mais precisamente junto da tribo Yawalapiti na década de 80. Revela também um desafio aceite por três artistas nascidos mais de meio século depois de Júlio Pomar, o que, se por um lado, é uma honra, por outro, é uma responsabilidade.

VOID

Igor Jesus

Textos: Sara Antónia Matos / Hugo Dinis / Alexandre Melo
Preço: 4 €
Edição: Atelier-Museu
Lisboa: 2017

Este caderno é publicado por ocasião da exposição Tawapayera (28.10.2017 – 04.02.2018) com curadoria de Alexandre Melo, no Atelier-Museu Júlio Pomar. A exposição integra o programa Passado e Presente – Lisboa, Capital Ibero-Americana de Cultura 2017 e tem como ponto de partida as obras que Júlio Pomar realizou a partir da sua experiência no território da Amazónia, mais precisamente junto da tribo Yawalapiti na década de 80. Revela também um desafio aceite por três artistas nascidos mais de meio século depois de Júlio Pomar, o que, se por um lado, é uma honra, por outro, é uma responsabilidade.

VOID

Tiago Alexandre

Textos: Sara Antónia Matos / Hugo Dinis / Alexandre Melo
Preço: 4 €
Edição: Atelier-Museu
Lisboa: 2017

Este caderno é publicado por ocasião da exposição Tawapayera (28.10.2017 – 04.02.2018) com curadoria de Alexandre Melo, no Atelier-Museu Júlio Pomar. A exposição integra o programa Passado e Presente – Lisboa, Capital Ibero-Americana de Cultura 2017 e tem como ponto de partida as obras que Júlio Pomar realizou a partir da sua experiência no território da Amazónia, mais precisamente junto da tribo Yawalapiti na década de 80. Revela também um desafio aceite por três artistas nascidos mais de meio século depois de Júlio Pomar, o que, se por um lado, é uma honra, por outro, é uma responsabilidade.

VOID

Parte Crítica 1: O Artista Enquanto Crítico

Textos: Hellmut Wohl
Design Gráfico: Paula Prates
Preço: 4 €
Edição: Atelier-Museu
Lisboa: 2017

Parte Crítica é o nome da colecção de textos de teor crítico e reflexivo que o Atelier-Museu Júlio Pomar iniciou em 2017, dentro do seu projecto editorial: Cadernos do Atelier-Museu Júlio Pomar-Documenta. A colecção, cujo nome de certa forma se apropria do título “Parte escrita” – três volumes reeditados pelo Atelier-Museu com os textos críticos e publicados por Júlio Pomar entre 1942 e 2013 – reúne agora textos de pequena extensão de autores que se dedicaram a pensar ou analisar a actividade escrita: crítica, ensaística e poética de Júlio Pomar.

VOID

Parte Crítica 2: A Letra O Som O Traço A Mancha

Textos: Maria Alzira Seixo
Design Gráfico: Paula Prates
Preço: 4 €
Edição: Atelier-Museu
Lisboa: 2017

Parte Crítica é o nome da colecção de textos de teor crítico e reflexivo que o Atelier-Museu Júlio Pomar iniciou em 2017, dentro do seu projecto editorial: Cadernos do Atelier-Museu Júlio Pomar-Documenta. A colecção, cujo nome de certa forma se apropria do título “Parte escrita” – três volumes reeditados pelo Atelier-Museu com os textos críticos e publicados por Júlio Pomar entre 1942 e 2013 – reúne agora textos de pequena extensão de autores que se dedicaram a pensar ou analisar a actividade escrita: crítica, ensaística e poética de Júlio Pomar.

VOID

Cabrita Reis: a voragem do mundo
Conversas com Sara Antónia Matos e Pedro Faro


Textos: Sara Antónia Matos / Pedro Faro / Alexandre Melo
Preço: 12 €
Edição: Documenta / Atelier-Museu
Lisboa: 2017

Cabrita Reis: a voragem do mundo, Conversas com Sara Antónia Matos e Pedro Faro insere-se na colecção Cadernos do Atelier-Museu Júlio Pomar e dá seguimento ao projecto de entrevistas que o Museu iniciou com "Júlio Pomar: O Artista Fala... (2014), continuou com "Rui Chafes: Sob a Pele" (2015) e com “Julião Sarmento: O Artista como ele é”, surgindo a propósito da exposição Das Pequenas Coisas: Júlio Pomar e Cabrita Reis.

As entrevistas são feitas por ocasião do programa de exposições do Atelier-Museu, que cruza a obra do pintor com a de artistas convidados, mostrando novas relações daquele com a contemporaneidade.

VOID

Júlio Pomar: O Pintor no Tempo

Textos: Irene Flunser Pimentel
Preço: 16 €
Edição: Documenta / Atelier-Museu
Lisboa: 2017

O convite à historiadora Irene Flunser Pimentel, vencedora da 20ª edição do Prémio Pessoa - 2007, que pelo seu vasto currículo, sobre o período e instituições do Estado Novo, garantia o acesso aos arquivos da Torre do Tombo, onde se encontram com os dossiers e as “fichas da PIDE”, ambicionava apenas que a autora se dispusesse a partilhar, em modo oral, numa conferência ou conversa informal, aspectos sobre o modo como se exerciam os mecanismos de censura e repressão, conducentes a diversos “apagamentos históricos”, sobre os quais se desconhece, em concreto, o modo como aconteciam.

VOID

Táwapayêra

Textos: Sara Antónia Matos / Alexandre Melo / Pedro Faro / Júlio Pomar / Cleyton Andrade
Design Gráfico: Paula Prates
Preço: 25 €
Edição: Documenta / Atelier-Museu
Lisboa: 2017

Catálogo da exposição "Táwapayêra", no Atelier-Museu, com curadoria de Alexandre Melo, que cruza a obra de Júlio Pomar com Dealmeida Esilva, Igor Jesus e Tiago Alexandre, de 21 de Outubro de 2017 a 4 de Fevereiro de 2018.